3 estratégias para dirigir o sucesso do marketing de máquinas de buscas

Por Martin Laetsch

Para os profissionais de marketing B2B, a otimização das máquinas de buscas é um aspecto crítico para atingir clientes potenciais e para criar relacionamentos com eles. Se você tiver uma marca globalmente reconhecida, ou se estiver começando uma nova empresa, o marketing de máquinas de buscas deve ser uma grande prioridade. Por quê? Vamos examinar alguns poucos números.

  • De acordo com a Conductor, a busca orgânica dirige a maioria do tráfico de todos os canais, sendo responsável por 64% de todo o tráfico da web.
  • Os sites listados na primeira página dos resultados de busca no Google geram 91,5% de todo o tráfico de uma busca média. E alcançar o lugar número 1 para uma dada palavra-chave significa obter cerca de 33% dos cliques, de acordo com a Chitika.
  • Os erros de implantação dos dispositivos móveis custam aos websites 68% do seu tráfico de busca orgânica, de acordo com dados da BrightEdge.

É simples. Ao aplicar as estratégias corretas de otimização para as máquinas de busca (SEO = Search Engine Optimization) ao seu website, você pode atrair mais visitantes que estão procurando pelos produtos e serviços que você oferece. E isto, por sua vez, provavelmente aumentará as suas oportunidades de vendas. Mas, nem sempre é fácil fazer isto corretamente.

O passado, o presente e o futuro da SEO

A SEO tem passado por mudanças significativas nos últimos 20 anos. Ela tem passado do lugar onde se deve gastar dinheiro no final do trimestre, quando você não quer perder nada, até um crítico componente que hoje toca todas as peças do marketing.

Antigamente, a SEO era como um exercício para construir uma marca e, mostra-la em primeiro lugar nos resultados de busca das maiores máquinas de busca, era a meta. Agora, ela é um componente central do marketing do ciclo de vida, apoiando os clientes e os prospectos através de cada fase da jornada do comprador. Trata-se de criar e compartilhar grande conteúdo para atrair novos prospectos. Ela é uma grande parte da criação através da liderança dirigida para o meio e para o fundo do funil, de modo que você possa nutrir prospectos e convertê-los em clientes. Trata-se também de criar educação continuada e de apoiar conteúdo para ajudar a manter os clientes satisfeitos e torna-los evangelistas.

Para onde vai a busca? É para conteúdo mais personalizado. A era na qual o que você vê nos resultados das buscas é o mesmo que eu vejo, já acabou há muito tempo. O Google e as demais máquinas de busca estão continuando a reunir cada vez mais informação sobre os que buscam e a atualização do Google para dispositivos móveis de 21 de abril já acelerou isto. Eles vão começar a incorporar informações sobre aplicativos, melhor informação de GPS e eles começarão a personalizar os resultados das buscas para cada buscador. Vamos ver algumas das áreas chave que podem melhorar os seus esforços de marketing de busca.

1. Bom marketing de busca significa bom marketing de conteúdo

marketing de máquinas de buscasO marketing de conteúdo e o marketing de busca têm sempre sido muito complementares e, para muitas empresas, eles são parte da mesma estratégia. Com o marketing de conteúdo, você está criando informação que pensa ser útil para a sua audiência alvo (seja um podcast, um documento técnico, uma folha de dados, um estudo de caso, um infográfico, um vídeo, e assim por diante).

Uma vez criado o conteúdo, você acha um canal que pode usar para colocar o conteúdo diante da audiência que você está tentando atingir. Isto pode ser feito imprimindo-o e distribuindo cópias numa mostra comercial, achar websites que pensem da mesma forma nos quais é provável que a sua audiência veja a informação, ou otimizando o conteúdo, de forma que seja provável que as máquinas de busca como o Google o mostrem quando alguém estiver procurando por esta informação.

Mas, na realidade, até há alguns anos, muitas empresas perderam completamente de vista o fato que a busca é um canal vital para colocar conteúdo de qualidade na frente de uma audiência alvo. Ao contrário, isso se tornou uma meta. Isto significa que muitas empresas decidiram que “Não importa que lixo nós mostramos ao visitante, desde que sejamos o número 1 no Google”! Isto é uma maneira terrivelmente míope de pensar, pois ninguém ganha dinheiro por ser o número 1 no Google. Você ganha dinheiro porque a sua audiência alvo é capaz de achar facilmente a sua empresa e de obter a informação que está procurando. Você usa o conteúdo para construir um relacionamento com o prospecto, para nutri-lo e para convertê-lo num cliente.

Felizmente, o Google e as outras máquinas de busca percebem isto e têm feito mudanças significativas no algoritmo para recompensar o conteúdo de alta qualidade.

2. Desenvolva a sua perfeita estratégia para o marketing das máquinas de buscas

marketing de máquinas de buscasO perfeito marketing das máquinas de buscas acontece quando você cria peças de conteúdo de alta qualidade, que seja altamente relevante para a audiência que você está tentando atingir, e que a sua audiência possa facilmente descobrir, quando estiver procurando essa informação. Se você começar por esta meta, o resto da sua estratégia de SEO simplesmente acontecerá.

  • Quando você começar pela meta de criar grande conteúdo para a sua audiência, é provável que você use a linguagem que ela usa.
  • Você usará as palavras-chave corretas através de todo o conteúdo.
  • É provável que você tenha um título relevante para o conteúdo e que use sinônimos e termos de prova através de todo ele.
  • Quando você criar o título da página, é provável que você crie algo convincente e que a sua descrição provavelmente vá dar uma boa ideia de que trata o conteúdo.
  • E, se você realmente criar uma grande peça de conteúdo, as pessoas irão querer compartilha-lo.

Obviamente, você também precisa prestar atenção na contagem dos caracteres, na colocação das palavras-chave, na construção dos links, na otimização off-site e assim por diante. Mas, se você começar criando um grande conteúdo para a sua audiência alvo, você terá percorrido a maior parte do caminho.

3. Continue a aprender e a se adaptar

marketing de máquinas de buscasComo eu já disse, a única constante no marketing de buscas é a mudança. Na Act-On (em parceria com a HyTrade), nós nos adaptamos a essas constantes mudanças através da contínua inovação, para garantir que os nossos clientes sejam capazes de tirar vantagem de novas oportunidades. Nós estamos constantemente monitorando as mudanças das máquinas de busca e das melhores práticas deste ramo de atividades, além de evoluir a nossa solução para SEO, de modo que os nossos clientes saibam que estão sempre otimizando com base nas informações mais recentes, e podem focar na criação de grande conteúdo e em nutrir os seus leads, ao invés de se preocuparem com o que o Google fará a seguir.

Nós também oferecemos uma auditoria gratuita da página inicial do seu website  para ajuda-lo a aprender sobre as técnicas de SEO, que podem aumentar a visibilidade do seu site, impulsionar o número de visitantes e, mais importante, melhorar as taxas de conversão. Clique aqui e preencha o formulário que retornaremos em breve com a sua auditoria.

Veja e descubra dicas para ajuda-lo a tirar vantagem das buscas. E tenha a certeza de compartilhar nos comentários as suas estratégias de SEO de maior sucesso.

Sobre o autor: Martin Laetsch é o Diretor de Marketing Online da Act-On Software. A Act-On é a empresa de automação de marketing que cresce mais rapidamente no mundo; a sua plataforma de automação de marketing baseada em nuvem é a base do sucesso das campanhas de marketing em todo lugar – desde pequenos, simples e diretos, até programas complexos e globais implantados. Martin é um líder de estratégia de marketing, com mais de 15 anos de experiência em empresas proeminentes, orientando gerentes de produtos e de marketing. Enquanto esteve na Intel, Martin definiu, construiu e gerenciou o primeiro programa mundial de classe empresarial de busca de marketing, que se tornou padrão para gerenciar programas de marketing digital para muitas empresas do grupo Fortune 500, incluindo a Dell, IBM, HP e P&G. Perfil Google+

Fonte: Act-On Software

Tradução: Fernando B. T. Leite

Act-On agency partner logo® Copyright: A HyTrade é agência parceira da Act-On e todos os artigos são traduzidos e republicados com autorização.