Como a automação de marketing torna as empresas mais inteligentes

Por Bill Pierznik

Nota do editor: Este artigo sobre plataformas avançadas de automação de marketing apareceu originalmente em The Business Debate.

Estereótipo: uma imagem mental padronizada comum a membros de um grupo, que representa uma opinião simplista, uma atitude afetiva, ou um julgamento não crítico. − Dicionário Webster.

A sociedade franze a testa para os estereótipos, e por um bom motivo: eles podem não refletir a realidade e tendem a violar nosso entendimento comum que todos os indivíduos são únicos.

Todavia, durante anos, organizações de marketing têm exibido um tipo semelhante de simplismo, através da prática de dividir mercados em segmentos de clientes, e usar uma abordagem do tipo um tamanho único que serve para todos, em relação às atividades de marketing a eles dirigidas.

Ingenuamente, a segmentação tradicional pressupõe que, por exemplo, todos os compradores de tecnologia de empresas B2B com mais de 5.000 funcionários agem de maneira similar e podem ser abordados da mesma forma. Ou que se um cliente agir de certa maneira, a resposta do marketing deve ser sempre a mesma – por exemplo, e-mails automáticos para visitantes de websites.

No mundo atual, isto não funciona mais. Os clientes engajam com marcas em muitos pontos de toque digitais – desde a primeira interação até o processo de compra, e até o suporte contínuo aos clientes – e eles esperam uma experiência mais personalizada durante todo esse processo. Esta é uma jornada adaptativa e a maneira como as empresas as conduzem tem se tornado tão importante quanto o próprio produto que elas vendem.

As plataformas de automação de marketing estão evoluindo para lidar com essa nova realidade, graças à ajuda das avançadas tecnologias preditivas e de inteligência artificial, que podem prever comportamentos dos compradores, automatizar o alcance e indicar com qual empresa engajar, quando engajar e com o que engajar.

automação de marketing

Entra: Plataformas avançadas de automação de marketing

A última infraestrutura está dando aos profissionais de marketing um centro de comando que os ajuda a simplificar, automatizar e medir atividades de marketing em todos os canais, e enviar conteúdos altamente relevantes e personalizados para o cliente certo, ou, para o potencial cliente certo, no momento mais adequado.

Isto também pode ajudar o melhor parceiro do marketing, as Vendas – mostrando o retorno sobre o investimento para as diferentes atividades do marketing, e como elas impactam o pipeline de vendas.

Para mostrar a diferença entre as plataformas atuais mais avançadas de automação de marketing e as gerações anteriores que ainda estão em uso em muitas empresas, pense em como era usar o MapQuest por volta de 2003, em comparação com os atuais Waze, ou Google Maps. O MapQuest foi um grande avanço sobre os mapas de papel, dando aos usuários uma forma de obter orientações mais conveniente e computadorizada. Mas, a tecnologia era estática: ela não podia mudar em pleno voo, se as condições mudassem – digamos que o motorista tenha virado numa rua errada, ou se tivesse ocorrido um acidente logo adiante. Por outro lado, os atuais apps constantemente obtêm dados sobre o tráfego, as condições da rua/estrada, etc., para oferecer automaticamente percepções dinâmicas em tempo real.

Da mesma forma, a última infraestrutura de automação de marketing é capaz de obter dados em tempo real, para avaliar, modificar e otimizar as atividades de marketing, para que empresas possam ser mais eficazes e ágeis, ao responder aos clientes e cuidar bem deles.

Quando estiver integrada a um website, a contas da mídia social, ao CRM e hospedar outras infraestruturas de aplicação, as plataformas de automação de marketing podem se tornar, de fato, bancos de dados de registro das empresas.

Ed Koch, o falecido prefeito de New York City, disse uma vez que “Os estereótipos perdem seu poder quando se descobre que o mundo é mais complexo do que eles sugerem”. Isto é verdade em relação ao marketing atual, sendo por isso que tecnologias de automação de marketing, que oferecem experiências mais personalizadas, são essenciais.

Materiais gratuitos para você baixar!

Sobre o autor: Bill é Chief Operating Officer da Act-On e supervisiona diariamente as prioridades dos produtos, da engenharia, do sucesso dos clientes e das equipes jurídicas. Bill traz para esta função uma ampla experiência em empresas de tecnologia, do tipo SaaS, que crescem rapidamente, e a experiência complementar para outros membros da equipe de liderança sênior. Antes de ser nomeado COO, Bill serviu a Act-On como Conselheiro Geral e Vice-Presidente Sênior de Desenvolvimento Empresarial, onde ele supervisionou as parcerias estratégicas da empresa e gerenciou sua função jurídica global. Ele é responsável por liderar as iniciativas de desenvolvimento corporativo da empresa e o crescente ecossistema de parceiros da Act-On.

Fonte: Act-On Software

Tradução: Fernando B. T. Leite

Act-On agency partner logo® Copyright: A HyTrade é a primeira agência parceira da Act-On no Brasil e todos os artigos são traduzidos e republicados com autorização.