Como apimentar o seu marketing de conteúdo com GIFs animados

Por Pam Neely

As imagens são ferramentas poderosas. Elas podem atrair e manter a atenção, ou capturar e transmitir uma emoção de uma maneira que as palavras não podem. Acrescente algum movimento às suas imagens e elas se tornarão irresistíveis.

De acordo com Steve Wilhite, que inventou o Graphics Interchange Format (GIF) in 1987 para a CompuServe, a pronúncia correta é “jifs” (j como em Jipe). Obs: Isso na língua inglesa. Fonte: CNN

De acordo com Steve Wilhite, que inventou o Graphics Interchange Format (GIF) in 1987 para a CompuServe, a pronúncia correta é “jifs” (j como em Jipe). Obs: Isso na língua inglesa. Fonte: CNN

O vídeo ainda é o todo poderoso, mas o humilde GIF animado também está desfrutando um aumento de popularidade. Ele sempre foi uma maneira divertida para obter um pouco de atenção extra. Infelizmente, os GIFs animados também têm sido usados por demasiados anúncios em banners bregas e aborrecidos “emoticons” animados. Isso manchou um pouco a sua reputação.

Mas agora, cada vez mais plataformas mostram os GIFs animados. E cada vez mais profissionais de marketing os estão usando para fazer o seu conteúdo se destacar. Isto está produzindo um marketing visual elegante.

Portanto, o que é um GIF animado?

Boa pergunta. Vamos esquecer as palavras e pular na coisa verdadeira.

Isto é um GIF animado:

Este GIF apareceu inicialmente no Reddit como um anúncio sobre o aniversário de uma empresa, que ninguém notou.

Isto também é um GIF animado:

Isto veio de um anúncio em e-mail enviado pelo varejista online Evans. Ele foi também incluído na reunião recente da Alchemy Worx’s de GIFs animados em e-mails, que valem a pena serem notados.

Estes dois GIFs animados nos ajudam a definir o formato com uma meta mensagem “mostre ao invés de dizer”. Mas, para seguir adiante:

  • Os GIFs animados podem ser fotografias ou gráficos.
  • Os GIFs animados são constituídos por uma pequena série de quadros. Cada quadro é o seu próprio GIF animado.
  • Os GIFs animados tendem a ser curtos – não mais de 5 segundos de duração.
  • Os GIFs animados tendem a se repetir, mas você pode configura-los para aparecer algumas vezes e então parar.
  • Os GIFs animados podem ser usados como uma luminária de neon – como gráficos que brilham que prendem a sua atenção. Ou, eles podem ser usados para contar uma história. O primeiro GIF que nós vimos conta uma história simples: nós tínhamos algo a celebrar. Isto aconteceu. Ninguém se importou.

O que os GIFs animados não são

Como eu tenho a certeza de que você sabe, os GIFs animados não são a última palavra em imagens online que se movem. Há vários formatos muito parecidos e maneiras de fazer as imagens se moverem, que você precisa conhecer, e há algumas advertências.

1. Os GIFs animados não são vídeos.

Enquanto que um GIF animado pode ser dobrado em alguma coisa que parece um vídeo, ele irá requerer muitos quadros no GIF animado, ou nós teríamos que aceitar uma nova definição para um vídeo (uma série de, digamos, cinco quadros). Os vídeos usam um formato diferente de arquivo que os GIFs. Os vídeos tipicamente vêm como AVI, MPEG, MOV e outros formatos específicos para vídeos.

2. Os GIFs animados não são cinemagraphs.

Os cinemagraphs são híbridos de fotos e de vídeos. Eles têm muitas semelhanças com os GIFs animados:

  • Eles se repetem como a maioria dos GIFs animados
  • Eles podem ser usados em mensagens de e-mail, como GIFs animados
  • Eles terminam como .gif

Mas, eles não são GIFs animados. Isto é um cinemagraph:

Há um post interessante no Convince and Convert blog sobre como diferentes marcas estão usando os cinemagraphs no seu marketing. A AdWeek também publicou um post sobre os planos do Facebook para os cinemagraphs.

Entenda apenas que os cinemagraphs são consideravelmente mais difíceis de fazer que os GIFs animados. Alguém com habilidades básicas para editar imagens pode fazer um GIF animado. São necessárias habilidade de um artista para fazer um cinemagraph cantar.

3. Os GIFs animados não são animações CSS.

As animações CSS são outra técnica de conteúdo visual de última geração, mas elas funcionam graças à codificação e não a um tipo particular de arquivo de imagem. As animações CSS são muito boas para apresentar dados. Portanto, se você quiser mostrar um gráfico ou fazer isto através de uma figura de pizza redonda, uma animação CSS pode funcionar. As animações CSS não funcionam em qualquer navegador e elas podem estar infestadas.

A Creative Bloq tem um post muito bom com exemplos deslumbrantes de animações CSS.

4. Os GIFs animados não são Flash.

Flash é um tipo de escola antiga. Ele tem as suas aplicações, mas é melhor evitar o Flash em virtude de problemas de processamento (os dispositivos com iOS não podem rodar o Flash) e em virtude do conteúdo em Flash ser uma caixa preta para as máquinas de busca.

5. Os GIFs animados também não são vídeos Hyperlapse.

O Instagram descobriu como nos deixar filmar vídeos com intervalo de tempo com smartphones. Esta tecnologia é chamada de Hyperlapse. Os desenvolvedores também foram capazes de fixar o efeito de saltar (eles chamam de “Estabilização de Cinema” fixo) que faria muitos vídeos hyperlapse ficarem menos assistíveis.

Os vídeos hyperlapse podem ser embutidos nas páginas da web, mas eles ainda são principalmente criaturas do Instagram.

Como fazer um GIF animado

Há duas maneiras de fazer GIFs animados. A primeira é a partir de imagens. A segunda é a partir de vídeos.

Veja como fazer um GIF a partir de imagens estáticas.

  1. Vá para Gifmaker.me. Esta é uma ferramenta gratuita para a criação de GIFs. Há muitas outras criadoras gratuitas de GIFs (eu também tentei a http://makeagif.com e a https://imgflip.com, entre outras), mas, a Gifmaker.me:
    • Não colocará uma marca d’água no canto inferior do seu GIF
    • Faz GIFs que têm um menor tamanho de arquivo do que as outras ferramentas
    • Dá muitos controles a você, de modo que você pode fazer GIFs da maneira como você quiser

Uma coisa é que ela não o deixa acrescentar uma legenda aos seus GIFs. Se você quiser fazer isto, tente a MakeaGIF ou a IMGFlip.

GIFs animados

Gifmaker.me parece um pouco desatualizado, mas é uma das melhores ferramentas para fazer gifs animados rapidamente.

  1. Carregue (upload) as imagens que você quiser no seu GIF. Essas imagens podem ser muito grandes, ou ser reduzidas ao tamanho que você quiser que o GIF final tenha. Eu tentei das duas maneiras – no primeiro conjunto, as imagens foram carregadas como imagens de 300 dpi, com uma largura de vários milhares de pixels. Então, eu fiz outro conjunto com imagens que eu reduzi no Photoshop para uma largura de 500 pixels a 144 dpi. Na realidade, o GIF animado da imagem maior ficou 10% menor que o que eu fiz com a imagem menor. Vá adivinhar.

GIFs animados

  1. Uma vez carregadas as suas imagens, você pode rearranjar os quadros clicando e arrastando-os. Você também pode controlar o tamanho do GIF terminado e você pode controlar os quadros por segundo. Algumas fontes dizem que o GIF médio é a 500 milésimos de segundo por quadro. Eu acho isto um pouco rápido demais – eu diminuo a velocidade dos meus GIFs para 1100 milésimos de segundo por quadro.

Você pode programar o GIF para rodar apenas algumas vezes, ou para ser contínuo. Eu deixo os meus ficarem rodando para sempre. E embora você possa acrescentar áudio, eu não sou uma grande fã de áudio no conteúdo, a não ser que o áudio seja esperado (como nos webinars, nos podcasts e nos vídeos).

Uma vez que todas essas programações forem selecionadas, apenas clique em “Create GIF Animation”.

Você verá algo como este próximo. A animação continuará a rodar… a imagem abaixo é apenas uma imagem de tela.

GIFs animados

Esta é a página de finalização que o GifMaker mostra. Você baixa seu GIF acabado a partir daqui.

Embora o giftmaker.me crie tamanhos de arquivo bastante pequenos, você pode aparar mais um pouco os seus GIFs animados. Isto se torna especialmente crítico se você estiver fazendo um GIF animado para uma mensagem de e-mail. Você não quer usar num e-mail um GIF animado que seja maior que 80 kb. Nós geralmente recomendamos imagens menores para as mensagens de e-mail, mas você pode precisar mudar um pouco as regras para os GIFs animados. Para fazer isto, você pode tentar usar menos quadros, ou fazer o GIF animado final menor num tamanho que seja visível.

Ou você pode usar um redutor de tamanho de arquivo.

O redutor de tamanho de arquivo que eu uso é o EZGif. Eu fui capaz de reduzir uma imagem de 236 K para 113 kb, sem nem mesmo usar a configuração para a máxima compressão possível.

GIFs animados

Uma das maiores desvantagens do uso de GIFs animados é o quão grande o tamanho do arquivo pode ficar. O EZGif é apenas uma das ferramentas que podem reduzir os tamanhos de arquivos GIF animados de forma gratuita e sem muita perda de qualidade de imagem.

Para um GIF animado de 4 quadros, largura de 500 pixels, 113 kb é muito bom.

Veja o GIF final comprimido:

GIFs animados

Como fazer GIFs animados a partir de vídeos do YouTube e de outros vídeos

A maneira seguinte de fazer GIFs animados é usar vídeos do YouTube. Há uma maneira de fazer isto, que é muito simples.

Vá para a URL do vídeo que você quer transformar num GIF animado.

GIFs animados

Digite “GIF” na frente de “youtube.com” assim:

GIFs animados

Clique em “return” (voltar). Você será redirecionado para um site que o deixa especificar algumas configurações para o seu GIF animado.

GIFs animados

Clique em “Create GIF”…

GIFs animados

E então você escolhe como você quer compartilhar o seu GIF animado.

Todavia, há um nó aqui. Este site está configurado para hospedar a imagem para você e ele faz o download do GIF ser um aborrecimento. Isto pode ser uma coisa boa ou ruim, mas eu prefiro hospedar as imagens no meu site.

Há muitos outros sites que o deixam fazer GIFs animados a partir de vídeos do YouTube.  O MakeAGif.com e o IMGFlip.com são gratuitos e fáceis de usar.

Se você não puder fazê-los, ache-os

Você não tem tempo para fazer um GIF animado? Isto não quer dizer que você não possa usar um pré-fabricado. Há vários sites para GIFs animados gratuitos:

Seja legal, e dê crédito ao lugar de onde você obteve o GIF.

Como usar os GIFs animados no seu marketing

Finalmente. Chegamos na parte dos resultados. Veja as melhores maneiras de você usar os GIFs animados no seu marketing.

1. Em mensagens de e-mail.

Tente manter os tamanhos de arquivos pequenos, mas os GIFs animados funcionam muito bem em e-mails. Há vários relatórios de GIFs animados que melhoram as respostas, como:

  • A Bluefly acrescentou um GIF animado aos seus e-mails em 2008 e obteve, no teste, um aumento de 12% da receita do segmento dos que tinham o GIF animado.
  • A Dell aumentou a receita em 109% através de uma campanha de e-mail com GIF animado.
  • A Lake Champlain Chocolates aumentou a resposta em 49% com um e-mail animado que mostrava uma caixa de chocolates sendo aberta.

A Intouch Solutions também tem um bom post sobre três outros estudos de casos de GIFs animados em e-mails.

Advertência: Sempre desenhe o primeiro quadro do seu GIF, para que ele possa ficar em pé por si mesmo numa imagem estática, no caso do seu subscritor abrir o e-mail num cliente de e-mail (tal como o Outlook e o Windows Phone 7), que não mostra os GIFs animados.

2. Na mídia social.

O Twitter e o Tumblr mostraram os GIFs animados por um tempo. Mas, o Facebook anunciou um tempo atrás que o seu NewsFeed também mostra os GIFs animados. Eles inclusive os estão permitindo em anúncios.

O Pinterest mostra os GIFs animados, mas você precisa clicar num botão que diz “GIF” para vê-los. E o Google+ mostra os GIFs animados.

Como você sabe, as imagens na mídia social geram muito mais curtidas e compartilhamentos que o texto básico do conteúdo. Acrescentar um borrifo de GIFs animados faz valer mais a pena clicar no conteúdo.

3. Em blog posts.

Você não precisa ser a BuzzFeed ou a Upworthy para usar GIFs animados nos seus posts. O Social Fresh e o Quick Sprout trituraram alguns dados para nós. Eles descobriram que os GIFs animados são o tipo de imagem que é mais provavelmente compartilhado dos seus blogs.

GIFs animados

4. Em e-Books, documentos técnicos e páginas baixadas de pesquisas de estudos.

Os e-Books, os documentos técnicos e as pesquisas de estudos tendem a ter muita informação. E eles devem tê-la. Mas toda essa informação é um problema numa página baixada, na qual você precisa destilar a sua mensagem e os elementos da página.

Inclua o GIF animado. Por que uma página estática de um e-Book não poderia ser substituída por imagens que rodam provenientes dos cartazes e das citações baixados?

5. Nas páginas que descrevem software ou que sugerem baixar aplicativos.

Os GIFs animados são uma grande maneira de mostrar às pessoas como fazer coisas com software. Apenas os mantenha curtas e simples. Quando a SEMRush quis anunciar uma nova característica, eles enviaram um e-mail com um GIF animado.

E aqui está um retrocesso para vocês, que estavam passeando pela Internet no final da década de noventa. Um dos primeiros GIFs virais, o levemente assustador Dancing Baby.

Conclusão

Os GIFs animados são a maneira mais simples de acrescentar algum movimento a uma página, e-mail, ou atualização na mídia social. E embora eles possam ter uma associação com ser um pouco amadorista, não há motivo pelo qual você não possa escolher imagens atraentes ligadas a marcas e que contam uma história convincente, que a sua audiência irá apreciar.

Com cada vez mais plataformas e serviços mostrando-os, os GIFs animados podem ser a melhor maneira de construir alguma confiança através de imagens que se movem… pelo menos até que você esteja pronto para mergulhar nos vídeos.

Você está usando algum GIF animado no seu marketing? Você tem algum estudo de caso que queira compartilhar conosco? Conte-nos sobre eles nos comentários.

Materiais gratuitos para você baixar!

Sobre a autora: Pam Neely tem feito marketing online por 18 anos. Ela tem uma história em publicidade e em jornalismo, incluindo um prêmio “New York Press Award” e um “Hermes Creative Award” por escrever blogs. Pam tem um mestrado em Marketing Direto e Interativo, da Universidade de New York, sendo a autora do livro “best seller” do Amazon Kindle “50 maneiras de construir a sua lista de e-mail marketing” (“50 Ways to Build Your Email Marketing List”). Siga-a no Twitter @pamellaneely.

Fonte: Act-On Software

Tradução: Fernando B. T. Leite

® Copyright: A HyTrade é agência parceira da Act-On e todos os artigos são traduzidos e republicados com autorização.