Faça o seu próprio marketing: maneiras eficazes de compartilhar o seu trabalho

Por Amy Duchene

Como profissionais de marketing, nosso trabalho é voltado para fora. Nós estamos pensando constantemente nos nossos clientes e em como podemos alcança-los através dos nossos produtos e das nossas mensagens. Mas, nós estamos nos esquecendo do outro lado da moeda: de nos comunicar com a nossa equipe interna. Fazer o marketing do nosso próprio trabalho e de nós mesmos.

Hoje eu quero falar sobre construir os seus momentos de glória. Tocando a sua própria corneta.

Por que compartilhar o seu trabalho com a sua própria equipe?

Em primeiro lugar, por que se dar o trabalho de fazer isto? Eu reconheço que você é ocupado e que isto é trabalho extra – explicar para os colegas em que você está trabalhando. Mas, há muitos aspectos positivos em mostrar aos seus colegas o que você anda fazendo:

  • Visibilidade e consciência

    Aumentar a consciência de si próprio – e em que você está trabalhando – é o benefício mais óbvio. Quando você fala dos seus projetos, você reforça o fato de que você é um contribuinte. Você está criando, está inovando, está ocupado. O seu cargo precisa permanecer na linha dos funcionários no orçamento. Eu não estou prometendo segurança no emprego, mas não faz mal mostrar o seu valor para o seu chefe.

  • Financiamento

    Se você precisar levantar capital ou aprovar um financiamento para um projeto, você precisará cantar e dançar um pouco. Crie uma proposta, ou pelo menos compartilhe a sua visão sobre como o seu projeto pode ajudar a linha de base da empresa. E, vamos encarar isto, às vezes, quem falar mais alto será aquele cujo projeto parecerá ser mais importante na tela do radar do chefe. E o chefe é quem assina o cheque para pagar os projetos.

  • Polimento e precisão – isto é, melhor trabalho

    Os aspectos positivos acima mencionados são as frutas que ficam mais perto do chão. Mas, há benefícios mais profundos ao compartilhar o seu trabalho com os seus colegas. Além do tapinha nas costas e da assinatura do cheque, você também eleva o seu trabalho a um novo nível. Quando você souber que alguém (um chefe, ou um chefe do chefe) verá o seu trabalho, você fecha o botão um pouco acima. Isto o obriga a polir e empurrar um pouco mais forte do que você faria, se o trabalho fosse apenas para você. O mesmo também é verdade para as revisões de seus pares. Nós desejamos ter a aprovação daqueles ao lado de quem sentamos todos os dias. Nós queremos que eles nos respeitem. Quando soubemos que eles examinarão minuciosamente o que fazemos, inevitavelmente nós tentamos com um pouco mais de afinco. Isto pode significar que vocês estão juntos na sua pontuação e mais polidos no seu desenho. Isto também pode causar algo mais – como obriga-lo a refinar a sua estratégia, ou o seu conceito de uma campanha.

    Linha de base: Se você puder fazer buracos no seu trabalho, você pode ter certeza de que os seus pares farão isso. Quando você compartilhar precoce e frequentemente o seu trabalho, você poderá ajudar a fazer esses buracos mais cedo.

  • Economia de tempo

    Outro benefício de contar aos colegas o que você está fazendo é que você pode economizar algum tempo para você e para outros. Com que frequência você trabalha em algo, e acaba descobrindo que outro grupo também está trabalhando num projeto semelhante? Irrita pensar no desperdício de tempo – e a possibilidade de como você poderia ter colaborado, dividido, conquistado; eu chamo isto da síndrome do silo e ela está ocorrendo desenfreadamente em empresas em todo lugar. Nós ficamos tão focados no que estamos fazendo, que nos esquecemos de olhar para cima e para o lado. Quando você e seus colegas compartilham regularmente em que estão trabalhando, você é sugado para fora desse vácuo.

  • Alinhamento

    Compartilhar o seu trabalho com a sua equipe – e com as demais equipes – também pode ajuda-lo a assegurar o necessário alinhamento e garantir que todos estejam na mesma página. Por exemplo, se você fizer parte da equipe de marketing, a equipe de vendas tem visibilidade sobre o que você está fazendo? Quem sabe desenvolvimento, ou engenharia de produtos? Da mesma forma, você sabe em que eles estão trabalhando? Ajuda conversar sobre isto e colocar tudo na mesa, para poder identificar superposições e lacunas.

Quando compartilhar o seu trabalho

Digamos que tudo tenha sido dito e feito em relação a um projeto: Você lançou um novo produto, criou uma fantástica campanha e está vendo bons retornos relacionados aos seus próprios KPIs (key performance indicators = indicadores chave de desempenho). Agora, está na hora de contar isso para a sua equipe.

Na realidade, risque isso.

Eles já deviam saber em que você está trabalhando. De fato, o seu trabalho de compartilhamento começa muito antes de você terminar o projeto.

Pode até começar antes de você começar a trabalhar no projeto. Num mundo ideal, você traz ideias para a mesa quando elas ainda estão na infância. Desta forma, você pode vetar os seus conceitos, medir os interesses e, possivelmente, garantir um grupo ou dois de pessoas para ajuda-lo a atravessar a linha de chegada.

As táticas: como compartilhar o seu trabalho?

Portanto, como você deve compartilhar o seu trabalho? Diga-me, você é um profissional de marketing!

Eu estou brincando um pouco. Eu aposto que você pode ter grandes maneiras de fazer o seu próprio marketing. Mas, se você precisar de uma leve cutucada, veja algumas considerações.

  • Conheça a sua audiência

    Neste caso, a sua audiência é a sua equipe interna. O que você sabe sobre eles? É provável que você saiba muita coisa sobre esta audiência particular – os seus meandros, quem gosta de e-mails, quem prefere reuniões, e assim por diante. Você os conhece tão bem que você poderia ajustar uma apresentação individualizada para eles. Mas, isto não é realista, em relação ao tempo. Eu o aconselho a não tentar agradar a todos o tempo todo, mas achar um meio e um método que funcione para você e para a maioria da equipe.

  • Determine a sua mensagem

    O que você quer dizer? Pense na sua mensagem – a situação do seu projeto, os seus altos (e baixos), onde você precisa de ajuda, etc. Qual é a sua solicitação, ou chamada para ação (CPA) para esta audiência? Certifique-se de ter uma clara agenda.

  • Elabore um plano de comunicação

    Quando você souber com quem você irá falar e o que irá dizer, está na hora de colocar o seu plano em ação. Veja alguns exemplos de maneiras de se comunicar:

  • Canais de comunicação escrita

    Enviar um e-mail para os seus colegas é provavelmente a forma mais fácil de espalhar as notícias. Você pode escrever isto no seu próprio passo (ritmo) e, da mesma forma, eles lerão quando tiverem tempo disponível. Se você tiver uma faixa de frequência, eu recomendo enfaticamente que você comece esses e-mails bem antes do lançamento, como fornecer uma atualização da situação semanal do seu projeto. Para criar interesse, você poderá incluir destaques da sua pesquisa, achados divertidos e coisas assim. Se você não tiver tempo para preparar o trabalho, no mínimo você deve elaborar um e-mail de lançamento para anunciar o seu projeto quando ele estiver completo (terminado). Cubra o básico, o que, quando, por que, onde e quem (relacionados ao seu projeto) – isto é, sobre o que é o projeto, quando começou e acabou, por que foi criado, onde é possível vê-lo e quem o ajudou até a linha de chegada.

    Quando tudo isto estiver escrito, você pode revisar e elaborar um rápido relatório para a newsletter interna da empresa.

    Em todos esses canais, lembre-se de mostrar, e não dizer: as métricas de sucesso incluídas, testemunhos/feedback e imagens (fotos).

  • Reuniões e sacolas marrons

    Outra maneira de divulgar as notícias é face a face. Você pode encontrar os seus colegas no saguão e conversar, durante o almoço, sobre em que projeto você está trabalhando. Faça isto. Faça-o também de maneira mais formal, através de uma reunião, um show adulto para contar sobre as coisas. É verdade que as pessoas não gostam que mais reuniões sejam acrescidas aos seus calendários, mas ouça-me. Você pode fazer isto de maneira rápida e eficiente, e ouvir algum resmungo. Há um par de grupos chave para reunir frequentemente e falar sobre projetos.

    O primeiro deles é a sua equipe. Eu recomendo organizar uma reunião permanente com os seus colegas. Ela não precisa ser elegante nem longa. Dê a cada pessoa dois a três minutos, e/ou no máximo três slides – apenas o tempo suficiente para cobrir o básico do projeto. Dê uma repassada rápida. Você pode organizar essas reuniões semanalmente, ou a cada duas semanas.

    Você também pode querer alcançar outras equipes de colegas de outros departamentos. Para essa reunião, você pode ser capaz de realiza-la mensalmente, em especial se você aumentar as reuniões face a face através de uma verificação semanal da situação dos e-mails. Esta reunião pode requerer um pouco mais de tempo e planejamento – principalmente se você solicitar as outras equipes que confirmem a presença. Faça-a durar no máximo 30 minutos.

    Em ambos os casos, mantenha a agenda bem controlada. Não saia pelas tangentes. Apenas compartilhe a situação, faça contato com os olhos com as pessoas que você precisar sincronizar e permita que todos tenham tempo para falar.

    Se você quiser se aprofundar mais – talvez após o término de um projeto – você pode organizar uma reunião do tipo “almoço e trabalho” com sacolas marrons, para compartilhar mais detalhes sobre o projeto e dar aos colegas a oportunidade para fazer perguntas.

  • Envie isto cadeia acima

    O seu trabalho está terminado? Bom trabalho. Agora, não se esqueça de contar para o seu chefe. E eu quero dizer não espere até a reunião anual. Faça isto durante as suas reuniões pessoais com ele. É comum usar estas reuniões para discutir a situação de um projeto – e, especialmente, para se queixar quando as coisas não estiverem caminhando da maneira certa, ou quando você precisar de uma força extra para ajudar. Mas, quando você terminar, e o projeto estiver completo, não se esqueça de resumi-lo num pacote bem amarrado com um laço, e de leva-lo ao seu chefe. Você também pode atualizar os supervisores enviando a eles o feedback positivo e os elogios que recebeu dos clientes, bem como, compartilhar as métricas positivas quando você tiver atingido as suas metas.

    Tudo isto também pode ajuda-lo a se preparar para a revisão anual. O invés de lutar para curar as suas realizações uma vez por ano, vá empilhando os seus sucessos durante o ano. Crie uma pasta no seu computador na qual você reúne as boas notícias, as revisões e os elogios. Estabeleça a meta de colocar três ou quatro coisas nessa pasta todos os anos. Então, quando chegar a hora da avaliação anual, abra a pasta.

  • Use ferramentas internas

    A sua empresa tem a sua intranet com perfis dos funcionários e projetos? Ligue para as sua equipe de RH para ter o seu trabalho destacado. Ao fazer isto, peça a eles para se incluído em qualquer colateral externo que fique na frente dos clientes. Você também pode postar nas ferramentas usadas pela rede social interna as sua empresa, como na página dela no Facebook ou no canal Slack.

  • Participe de concursos e ganhe prêmios

    Uma boa maneira de compartilhar o seu trabalho, e de obter algo em troca, é submetê-lo a concursos, que podem ser internos ou externos. Por exemplo, muitas empresas têm programas de elogios, ou processos e cerimônias regulares de reconhecimento através de prêmios. Inscreva-se – ou peça a um colega que inscreva o seu trabalho. Concursos em ramos de atividades, como os prêmios anuais de marketing e de publicidade são bons métodos para divulgar os seus sucessos. Muitos desses permitem que você apresente o seu próprio trabalho, de modo que você não precisa acionar um colega para fazer isto.

    Aqui, também há uma bonificação potencial. Se você vencer, você ganha tapinhas nas costas e elogios – e novas credenciais para colocar no seu perfil e no seu CV.

Agora, vamos ouvi-lo

Estas são apenas algumas ideias para fazer o seu próprio marketing, e eu tenho certeza que há muitas outras. Eu gostaria muito de ouvi-lo: como você compartilha o seu trabalho?

Materiais gratuitos para você baixar!

Sobre a autora: Amy Duchene é uma escritora com mais de uma década de experiência no marketing B2B para uma enorme empresa de software, localizada noroeste da costa do Pacífico. Fora deste trabalho, ela escreve ficção (principalmente novelas para jovens e adultos) e ama molhar os seus pés nas águas do Oceano Pacífico.

Fonte: Act-On Software

Tradução: Fernando B. T. Leite

® Copyright: A HyTrade é agência parceira da Act-On e todos os artigos são traduzidos e republicados com autorização.