HypeCast #19 – Relatório Mary Meeker de Tendências da Internet 2017

Por Ricardo De Lucia Leite

Neste décimo nono episódio analisamos o famoso e esperado Relatório Mary Meeker de Tendências da Internet realizado todos os anos.

O HypeCast é um talk show de rádio on-demand da HyTrade Marketing Digital. Ele é projetado para ajudar os profissionais de marketing e empresários ocupados a descobrir as últimas tendências sobre marketing, tecnologia e negócios, além de se manter em dia com a melhor análise sobre as notícias de mercado.

Olá, seja muito bem-vindo à décima nona edição do HypeCast! Este programa está muito especial, pois analisamos o famoso, esperado e recém lançado Relatório Mary Meeker de Tendências da Internet 2017. Todos os anos, Mary Meeker da Kleiner Perkins Caufield & Byers faz uma apresentação fascinante e influenciadora sobre a situação da web e, logicamente, nós não poderíamos deixar de analisa-lo no programa. Bom proveito!

O programa desta semana

Assine no seu podcaster favorito

HypeCast_Android
HypeCast_Stitcher
Em breve no iTunes…

Confira um pequeno resumo do que foi falado

  • 3:15 – Tuite da Semana

A nossa hashtag da semana é:


Não deixe de conferir a nossa resposta! ;-)

  • 6:18 – Principais pontos analisados do Relatório Mary Meeker de Tendências da Internet 2017

Mary Meeker

Mary Meeker

O relatório, cheio de percepções e de dados estatísticos, investiga as maiores tendências do digital. Este ano, os dados de 2017 foi apresentado pela Mary Meeker durante a Conferência de Códigos da Vox Media que ocorreu de 31/05 a 02/06 e nós resumimos os principais pontos abaixo e analisamos os mesmos durante o programa.

Embora o ano passado tenha focado em apps de mensagens e transporte, este ano o Relatório de Tendências da Internet foca em coisas como jogos interativos, a era dourada do entretenimento na China e da disrupção digital das empresas de mídia.

Um Resumo Inicial:

  • O crescimento das Vendas de smartphones e da penetração da Internet está desacelerando.
  • Não é tanto uma mudança para os dispositivos móveis, mas o acréscimo dos dispositivos móveis, uma vez que o uso do desktop não diminuiu tanto, enquanto que o uso dos dispositivos móveis nos Estados Unidos foi aos céus, para mais de 3 horas por pessoa por dia.
  • Ainda há mais tempo gasto em dispositivos móveis que em publicidade, indicando ventanias inesperadas para as plataformas de anúncios em dispositivos móveis.
  • O Google e o Facebook controlam 85% do crescimento de publicidade online.
  • O gasto com publicidade na Internet ultrapassará o da TV em seis meses.
  • O streaming de música, liderado pelo Spootify, ultrapassou as vendas da música física, dando à música gravada o seu primeiro crescimento de receita em 6 anos.
  • Os eEsportes estão explodindo, com maior visualização de 40% ano sobre ano, e um número igual de millenials preferindo fortemente os eEsportes aos esportes tradicionais.
  • O spam de e-mails com anexos maliciosos está explodindo à medida que aumentam os usuários da nuvem, logo, tenha cuidado em relação a onde clicar.
  • Pela primeira vez, é mencionado no slide 59 do relatório o trabalho de marketing de conteúdo realizado pela Glossier, empresa de produtos de beleza e de cosméticos.
  • As empresas de tecnologia produzem criação de riqueza na China, onde as pessoas jogam através de streaming ao vivo e onde o compartilhamento do uso de bicicletas está subindo aos céus.
  • A diminuição dos custos dos dados está produzindo um aumento da adoção da Internet na Índia, mas os preços dos smartphones ainda permanece alto demais.
  • 60% das empresas de tecnologia melhor avaliadas na América foram fundadas por americanos de primeira ou de segunda geração, enquanto que 50% das maiores startups privadas foram fundadas por imigrantes de primeira geração.

Alguns dos principais pontos para levar para casa dos 355 slides incluem:

  • O Facebook e o Google estão bem: embora a publicidade na Internet continue a crescer, de acordo com Meeker – com a projeção dessa categoria exceder os gastos com a publicidade da televisão até o final de 2016 – muito do crescimento está concentrado nos líderes de busca e social, Google e Facebook. Segundo o relatório, a receita publicitária do Google cresceu 20% em 2016, e a do Facebook 62%. Para todos os demais, o crescimento foi muita mais modesto: apenas 9% ano sobre ano.
  • A precisão do reconhecimento de voz amadurece: Com o software e os dispositivos de reconhecimento e voz, como o Echo da Amazon, cada vez mais focados nos consumidores e nas empresas de tecnologia, o relatório de Meeker descobriu que o Google, rival da Amazon, que oferece uma concorrência para o assistente de voz Alexa da Amazon e o seu próprio dispositivo chamado Home, atingiram em 2017 um nível de precisão humana para reconhecimento de voz de 95%.
  • O crescimento dos jogos: Meeker nota que hoje há 2,6 bilhões de jogadores, em comparação com apenas 100 milhões e, 1995. A receita permanece concentrada na Ásia, onde 47 bilhões de dólares, de um mercado global de 100 bilhões, foram realizados em 2016. O relatório os jogos de vídeo de ‘a forma mais engajadora de mídia social’, com maiores implicações para as empresas e os esportes.
  • A guerra nas nuvens: Na corrida das nuvens, Meeker acha que a Amazon Web Services continua a liderar, mas o Google e o Azure da Microsoft estão ganhando algum terreno. A diversificação do mercado vem à medida que os clientes priorizam, cada vez mais, evitar a dependência em qualquer participante, diz o relatório, e que as empresas de software movem-se na direção da experiência dos usuários, que são mais amigáveis e mais inspiradas pelos seus colegas de consumo.

Indo um pouco mais a fundo…

O crescimento da população da Internet está desacelerando, mas o dos anúncios online está acelerando. O número global de usuários da Internet atingiu 3,4 bilhões em 2016, igual a 46% da população mundial. Isto é mais que o dobro do número em 2009, mas a taxa de crescimento está achatada em torno de 10% por ano, nos últimos cinco anos.

tendências da internet

Enquanto isso, o crescimento da publicidade online está acelerando, pelo menos a publicidade digital nos Estados Unidos cresceu 22% para 73 bilhões de dólares no ano passado, de 20% em 2015 e 15% em 2014. De maneira não surpreendente, o crescimento está vindo da publicidade em dispositivos móveis, que está crescendo com rapidez suficiente para superar o declínio da publicidade em desktops.

tendências da internet

Meeker disse que a quantidade de dinheiro gasto em publicidade digital ultrapassará o gasto em publicidade na TV nos próximos 6 meses.

O crescimento do e-commerce também está acelerando.

As vendas no varejo online estão crescendo ano após ano. Mas, a velocidade do crescimento tem sido acelerada nos últimos 3 anos, firmemente em 14% em 2013 e 15% no ano passado.

tendências da internet

Dê crédito à Amazon, mas a Walmart também está vendo novo crescimento online no seu site de descontos Jet.com. Enquanto isso, espera-se que os varejistas físicos fechem quase 1.700 lojas nos Estados Unidos, o maior número em 20 anos. Este fechamento tem mais a ver com excesso de expansão mal planejado nos anos recentes.

Os jogos continuam a liderar e a modelar a experiência online.

Outra percepção que não é surpresa diz respeito ao crescimento e à popularidade dos jogos, mas é interessante ver os números que Meeker coletou para mostrar esse crescimento.

tendências da internet

Meeker estima que há 2,6 bilhões de jogadores no mundo, um crescimento que partiu de 100 milhões em 1995. O ramo dos jogos gerou 100 bilhões de dólares de receita global no ano passado, e, quase a metade disso veio da Ásia. Meeker especula que os jogos podem estar preparando a sociedade para o nascimento da interação entre seres humanos e computadores.

A receita do ramo da música está crescendo novamente.

A Internet não tem sido generosa para o ramo da música gravada. Nos últimos 16 anos, a receita tem diminuído em média 4% ao ano. A taxa de declínio em diminuído nos últimos anos, à medida que a música por streaming e downloaded começou a compensar o desaparecimento das vendas dos CDs.

tendências da internet

O cuidado digital com a saúde está se aproximando de um ponto de inflexão.

Os cuidados com a saúde constituem, de repente, um ramo de atividades conduzido por dados. Meeker diz que os cuidados com a saúde “estão num ponto de inflexão da curva”, um desses termos que age como carne vermelha para os investidores, por assinalar forte crescimento adiante.

O nascimento dos rastreadores da boa forma física e dos apps de saúde está coletando mais dados que nunca, enquanto que os hospitais estão compartilhando com os pacientes mais informação sobre os cuidados com a saúde. A quantidade de dados disponíveis está aumentando 48% por ano, diz Meeker.

tendências da internet

O gargalo da garrafa para analisar esses dados é a privacidade dos pacientes. Uma pesquisa mostra que 60% deles confia no Google e 56% confia na Microsoft em relação a compartilhar os seus dados de saúde. As empresas menos confiáveis são a Amazon e o Facebook: apenas 39% dos consumidores compartilharia os seus dados com elas.

A China está crescendo como uma rival de tecnologia dos Estados Unidos.

As maiores empresas do mercado de tecnologia são Apple, Alphabet, Amazon e Facebook. Juntas, elas valem 2,4 trilhões de dólares. Mas, sete da 16 seguintes são empresas chinesas, como a Tencent e a Alibaba. Essas sete valem juntas 929 bilhões de dólares.

tendências da internet

O crescimento rápido dos smartphones está concentrado nos mercados emergentes.

Nós vimos no ano passado que os dispositivos móveis superaram os desktops pela primeira vez, em relação ao tráfego da web. Neste ano, o uso dos smartphones continuará a ter forte crescimento, mas agora, os maiores mercados são as economias em desenvolvimento. A Ásia representa agora mais da metade da base global de usuários.

tendências da internet

A publicidade em dispositivos móveis virá com a idade

O gráfico abaixo mostra forte crescimento da publicidade digital, que está sendo dominada pelo Google e o Facebook.

tendências da internet

O varejo continua a mover-se online, à medida que o e-commerce cresce rapidamente.

O crescimento do e-commerce não é uma nova tendência, mas a sua alta continuidade vale a pena ser mencionada. A gasto online dos americanos atingiu 340 bilhões de dólares no ano passado. Agora, o e-commerce representa mais de 10% do total das vendas no varejo, o que deixa mito espaço para crescimento.

tendências da internet

O vídeo online passou para o social

Há alguns anos, o vídeo online era YouTube e, talvez, Vimeo e Daily Motion. Isto mudou nos últimos dois anos para os sites sociais.

tendências da internet

As visualizações diárias de vídeo no Facebook foram para acima do telhado no ano passado, atingindo 8 bilhões por dia no terceiro trimestre. O Snapchat fez melhor ainda, crescendo dez vezes durante o ano, com fabulosos 10 bilhões de visualizações diárias de vídeo.

O Snapchat explodiu no cenário de compartilhamento de fotos.

De quase nada em 2012, o Snapchat cresceu espetacularmente em apenas poucos anos, pararepresentar quase um terço do total de compartilhamento diário de fotos. O Facebook continua o seu crescimento, mas foi obscurecido pela plataforma WhatsApp (da qual é dono) e pelo Snapchat, cujas fotos são deletadas assim que são vistas.

tendências da internet

O ano dos apps de mensagens

Os apps de mensagens como o WhatsApp e o Snapchat cresceram enormemente no compartilhamento de fotos e de vídeos. Muitos usuários de apps de mensagens aumentaram enormemente nos últimos dois anos, tendo o WhatsApp atingido 1 bilhão de pessoas, com o Facebook Messenger e o WeChat não muito atrás.

tendências da internet

Descobrir como monetizar essas plataformas será um desafio chave para os seus donos em 2016 e adiante. A decisão de como eles farão isso afetará imensamente os profissionais de marketing.

Os assistentes de voz amadurecem.

Com a melhora da tecnologia, os assistentes de voz mais que dobraram em popularidade, sendo usados por 65% dos usuários dos smartphones em 2015. As implicações disto são enormes, com as pessoas interagindo com as máquinas de busca através da voz, em vez dos teclados.

tendências da internet

Aí vocês têm as tendências chave para os profissionais de marketing. Se estiverem interessados, há muito mais no que mergulhar em toda a pilha de slides, e muitos dados macroeconômicos.

As tendências variam desde os mercados emergentes, a taxas de fertilidade e outros indicadores econômicos engraçados, que são estritamente relevantes para nós, profissionais de marketing, mas que ainda são, de certa forma, interessantes no geral.

Semana que vem tem mais! Assine a nossa newsletter para receber os episódios diretamente no seu e-mail e não perder nenhum programa.

Participe com sugestões, críticas e notícias que você gostaria que nós analisássemos. Deixe um comentário abaixo ou nos envie um e-mail para hypecast@hytrade.com.br.

  • Participação especial no Jingle da HyTrade: Maca Reis, vocalista da Banda Grito

Assine no seu podcaster favorito

HypeCast_Android
HypeCast_Stitcher
Em breve no iTunes…

Sobre o autor: Ricardo De Lucia Leite é Estrategista Chefe e Presidente da HyTrade Marketing Digital.

Colaboração: Fernando Leite

Fontes: Business Insider, Tech Crunch, Forbes, Venture Beat, Smart Insights