Por Steven Hughes

O SEO (Search Engine Otimization) não é mais o que costumava ser. Há algum tempo atrás, o SEO era tido como uma religião. Agências e especialistas o conheciam por dentro e por fora, como se fosse uma bíblia. Muitos usavam técnicas espertas, enchendo linguiça nas palavras chave, usando textos invisíveis e comprando links de spams.

Mas, a paisagem está mudando e você precisa, hoje em dia, cuidar do conteúdo. Noventa por cento dos executivos de marketing acham que o conteúdo se tornará mais importante em 2013, de acordo com um relatório da Outbrain e da Ecoconsultancy (veja aqui). A Otimização do Marketing de Conteúdo (sigla CMO em inglês) tornar-se-á uma peça chave das nossas estratégias de marketing online. Você precisa pensar sobre a CMO agora!

A grande inundação

Todos nós nos curvamos diante do grande poder do Google. Ele é o Deus da Internet do século XXI. Ele pode nos trazer milhões de peregrinos e muitos consumidores.

Quando o Google viu estas técnicas clandestinas, ele não gostou do que viu. Muitas pessoas abusaram destas táticas para trapacear pesquisadores. Então, o Google desencadeou uma inundação de atualizações (Panda and Penguin) para afastar esses trapaceiros.

Os que eram bons, já tinham construído as suas jangadas de conteúdos.

Quando as águas da inundação baixaram, muitos negócios sobreviveram e chegaram ao topo, onde estava o Google. Eles construíram jangadas de conteúdo para continuar flutuando. Outros, rapidamente capitalizaram e acharam extremamente fácil subir na classificação, especialmente no que diz respeito a manter uma longa cauda de palavras chave.

A tempo, uma agência de RP financeira escreveu alguns poucos artigos sobre “Agências de RP Financeiras” para agradar os seus admiradores, tendo subido na classificação muito rapidamente (veja aqui).

O Google quer anjos de conteúdo e não diabos de SEO

O Google, como qualquer pai benevolente, quer agradar os seus usuários. Os seus pesquisadores são grandes devotos do altar do conteúdo. Se os pesquisadores quiserem um conteúdo rico e substancial, o Google fará todo o possível para satisfazê-los.

O Google está classificando as pessoas pela qualidade do seu conteúdo. Eles estão tentando por o melhor conteúdo no topo. Agora, portanto, você está numa batalha com os seus concorrentes para criar o melhor conteúdo! Não há mais truques dissimulados (e, se ainda os houver, o Google os eliminará). Portanto, agora você terá de criar melhor conteúdo e otimiza-lo. Seja um anjo do conteúdo e não um diabo do SEO.

Então, o que você precisa saber sobre CMO?

Eu acho que CMO será a próxima grande novidade e ocupará o lugar do SEO. O CMO está acrescentando aquele brilho extra ao conteúdo, enquadrando-o de forma apetitosa. Ao acrescentar um certo grau de deslumbramento, ele agradará os seus seguidores e o Google.

Conteúdo mais longo e mídia mais rica

Aqui, há um grande recurso composto por 11 dicas de Jason Acidre para otimizar conteúdo (veja aqui). Se você não tiver tempo disponível para lê-las, veja, a seguir, a mais importante delas. Jason fala sobre conteúdos longos. Por quê? E porque o Google o valoriza tanto?

É porque quanto mais longo for o artigo, geralmente mais rico ele é. Se ele estiver cheio de análises, exemplos, estudos de casos e outros pensamentos, então é mais provável que ele seja muito mais útil do que um simples artigo de 400 palavras.

Mídia rica também está se tornando cada vez mais importante. Grandes marcas estão dizendo que os seus visitantes querem uma mídia mais rica em termos de conteúdo, com a inclusão de vídeos e imagens.

Está ficando for a de moda publicar apenas um artigo. Nós nem sempre temos a oportunidade de acrescentar multimídia a cada artigo, por não sermos grandes o suficiente. Entretanto, as pessoas esperam, hoje em dia, um conteúdo um pouco mais interativo, diz Sharon Flaherty, Chefe de Conteúdo e de RP do site de comparação de preços Confused.com (veja aqui).

O Google tornou-se muito mais sensível e tem ficado mais esperto em relação à magia negra que as agências de SEO estão praticando. Em vez disso, você deve criar conteúdos fantasticamente ricos. Desta forma, à medida que o tempo for passando, eu acho que nós iremos falar muito mais de CMO do que de SEO.

Fonte: Social Media Today

Contato hytrade